segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Deus é único e verdadeiro

Rachide Maria Melo Sarkis

Ridícula a frase “quem não quer ser crente vai ter que ir embora de Xapuri” ouvir isso dói nos ouvidos de quem é são.

Pena que a vida religiosa em Xapuri tomou uma dimensão não desejável. Pouca sabedoria e desrespeito total.

Crente é todo aquele que crê, evangélico é todo aquele que é seguidor do Evangelho. Protestante é opcional.

Como xapuriense, afirmo que nossa cidade é acolhedora demais, poderíamos ter mais cuidados em nossas acolhidas.

Muitos aqui chegam de para-quedas e aqui pousam. E ninguém os manda embora. Sabe por quê? Porque Deus nos deu a vida e junto a ela livre arbítrio para vivermos. Vivermos sim, no amor, com humildade e principalmente respeitando o nosso próximo. E ainda, viemos para sermos julgados e não julgar uns aos outros.

A salvação dependerá das nossas atitudes no dia a dia. Portanto, Deus é Único e Verdadeiro! E sua fé é singular. Não cabe a ninguém decidir o que as pessoas têm que fazer da vida, se vai ou se fica.

Respeito é bom e faz parte dos mandamentos de Deus. As palavras malditas ferem a quem as ouve, cuidado, pois o mundo é nosso, assim Deus nos enviou ao planeta Terra.

Na oportunidade, aproveitando o momento e as circunstâncias políticas, vamos respeitar as opiniões e zelar pela vida pessoal dos nossos candidatos, afinal vivemos numa democracia, mas que exige respeito e cautela, pois o poder público é por um determinado período e a amizade deve ser um período duradouro.

E o que é interessante é apresentação do plano de trabalho, falar da vida pessoal mostra que não há planejamento, visão, estratégias e metas.

Rachide Maria Melo Sarkis é professora.

2 comentários:

PAOLO ALMEIDA disse...

Olá Raimari, vejo que essa frase “quem não quer ser crente vai ter que ir embora de Xapuri”, incomodou muita gente em nossa cidade. Acho ótima a manifestação de pessoas como o maestro Magão e minha ex-professora de Lingua Portuguesa Rachide Melo, o que é normal e democratiza a opnião pública. Vejo essa questão por dois lados. O primeiro se dá pela colocação precipitada dos irmãos evangélicos,pois vivemos em um estado laico, onde devemos respeitar as crenças de cada cidadão. Por outro lado, vejo uma interpretação equivocada por parte de alguns, levando ao pé da letra essa frase. É claro que ninguem tem o poder de intervir na liberdade de expressão, e o direito de ir e vir é para todos. Creio que através desta declaração, o objetivo principal não foi agredir ou pressionar a sociedade xapuriense a seguir uma religião ou credo, até porque dessa forma será impossivel. Considerando ambos os lados, devemos como cidadãos respeitar o nosso próximo, considerando suas preferências religiosas e etc. O importante é vivermos em harmonia, sempre buscando o bem estar e a paz entre todos. Um abraço!

Herycke ' Araújo disse...

Talvez algumas pessoas tenham entendido mau à respeito do que falaram na Marcha...
Na verdade o que realmente estavam fazendo era "Profetizando" (já que tudo o que sai da nossa boca tem poder), não pra que todos os xapurienses virassem "crentes" no sentido de entrarem em uma Igreja Evangélica, congregarem, e servirem Deus somente alí.
Mas pra que todos servissem à apenas um Deus que é o único e verdadeiro !!!
O que poderia ter acontecido também poderia ter sido o fato de as pessoas terem ouvido somente essa parte: "... tem não quiser ser "crente" vai ter que ir embora dessa cidade ...", o que também poderia ter acontecido seria que ouviram pouco e perguntaram menos ainda, por que se ao menos tivessem a boa consciência de ir na pessoa que falou isso e perguntar o motivo de ele ter dito essas palavras, ou o por que que ele disse isso, essa historia, pra inicio de conversa nem teria começado !
Essa é a minha opinião sobre esse assunto, não estou falando isso somente porque eu estava na Marcha na hora em que disseram isso, mais porque eu entendi o que ele quis dizer, como cidadão Xapuriense !

Agradeço pela atenção de todos !