sábado, 27 de fevereiro de 2010

Bom senso, cautela e caldo de galinha

A foto postada lá embaixo de uma viatura da Polícia Rodoviária Federal estacionada em local proibido para que os patrulheiros almoçassem tranquilamente em um restaurante no cento da cidade causou aqui no blog uma agradável discussão sobre o assunto.

O oficial reformado da PM do Acre, Perli Dias, defendeu que viaturas policiais, ambulâncias, carros do Corpo de Bombeiros e outras que prestem serviços públicos essenciais possuem a prerrogativa do livre estacionamento.

O também policial Éden Mota (federal) discordou afirmando que somente em situações emergenciais as viaturas policiais dispõem de prerrogativas, o que não foi o caso em questão, uma vez que alimentação é geralmente uma necessidade e não uma emergência.

Com todo o respeito às diferentes opiniões, estando elas baseadas na lei ou não, prefiro a força do bom senso à letra fria do Código. Não consigo aceitar como adequado, ético ou de bom exemplo que policiais lancem mão de prerrogativas, que por ventura venha a possuir, em situações em que isso seja claramente desnecessário.

Para mim é o caso em tela. Os policiais estacionaram do lado proibido da rua, prejudicando o trânsito, enquanto o local permitido estava a apenas alguns a poucos metros, do outro lado da rua. E não para atender a uma emergência policial, mas sim para recarregarem o estômago e espalitarem os dentes.

Dessa forma, normal também seria, em minha maneira de pensar, que outro policial ou socorrista do Samu estacionasse em local proibido em frente à sua casa para também fazer sua refeição, ou ainda para comprar um remédio na farmácia, também um caso de necessidade que apenas vez por outra pode vir a ser uma emergência.

Insisto, então, que em casos como o que rendou a foto e a polêmica em torno do assunto, o bom senso de policiais militares, civis ou federais, assim como de qualquer outra autoridade que se sinta investida de tal “prerrogativa”, seria como cautela e caldo de galinha: não faria mal a ninguém.

3 comentários:

Valdecir Aquino disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Perli disse...

Prezado Valdecir Aquino;
Venho procurando uma forma de estar sempre perto dos Amigos de Xapuri,mesmo estando longe,porque tenho uma grande estima com todos que abrilhantam esta Cidade.
Entendemos,as observações relativas às polícias que podem ser vistas nas pensões,nos bancos, afinal,em locais frequentados pelas pessoas da comunidade;
Mas,se torna um tanto quanto difícil,entender o porque das intrigas das pessoas de bem, contra os policiais e agentes públicos de uma forma mais geral,quando o que se espera que pudesse ocorrer fosse o inverso.
Seria muito estranho,se os Agentes públicos não estivessem aos seus postos de serviço ora por falta de pessoal,viaturas,combustível,ou quisquer outros componentes necessários à prestação de serviços,como todos nós já vivenciamos em outras épocas.
Devemos tratar as pessoas que nos atende no serviço público da mesma forma que desejamos ser tratados em qualquer tempo e lugar.
Amar ao próximo como a nós mesmos;
Contribuir para que a nossa Cidade seja mais fraterna e mais acolhedora tanto para nossos servidores públicos, quanto para nós mesmos e visitantes.
Vejo na dedicação do grande Raimari,o Amor que ele têm ao bom trabalho de jornalismo,e à todos que direta ou indiretamente fazem parte do seu convívio,e a forma de conduzir os seus esforços sempre buscando o "bom senso",a convivência pacífica, e tantos outros quesitos que racionalmente dignificam as pessoas nas suas relações interpessoais.
E por isso,estamos aqui,fazendo apelos para que possamos viver a vida com mais amor e melhor qualidade de viver.
Assim sendo,permita-nos a sua amizade e venha também,não só você;Mas,todos que desejarem formar opiniões de positivismo,entendimento,e colaboração para transformar nosso povo que já é bom,para que possa ser ainda melhor e mais tolerantes com os nossos próximos.
Vivamos a Vida e a vejamos com a beleza que existe na maneira de viver e de olhar!
Grande abraço à Todos.

Raimundo disse...

Até que enfim acabou a babaquice de não poder estacionar naqule ária, e acabar tambem com a discuçõa besta, porque já está bagunçado mesmo. o que as autoridades tem mesmo ´e que dar mais explicação , ou seja orientação do código de trânsito aos pedestre e aos ciclista que não sabem os direitos deles e nem os deveres isso sim, porque tudo que acontece no trânsito a culpa é do condutor de veículos, sei muito bem que tem uma boa parte de motorista muito inrrespossávis, mais tem muita gente boa rodando em seus veículos, por isso é bom analisar bem.