quarta-feira, 10 de março de 2010

Lixo e cachorrada

DSC05630 DSC05629

É inegável o esforço que a prefeitura de Xapuri tem feito para manter a cidade limpa. Tomou emprestado um caminhão compactador da prefeitura de Rio Branco que é capaz de fazer em um dia o que os caminhões normalmente utilizados fazem em três, e elaborou um calendário de coleta, varreção e capina que funciona de segunda-feira a domingo atingindo todos os limites da cidade.

Apesar disso, a cidade amanhece exibindo cenas como as das fotos acima, por duas razões principais: primeiro, pela fato de a população não se adequar ao calendário de coleta e depositar os resíduos domésticos nas lixeiras todo santo dia, não respeitando o rodízio estabelecido pela Secretaria de Infraestrutura. Em segundo lugar, e como consequência da primeiro razão, pela bagunça que os cães vadios fazem ao revirar os tambores destinados a acolher a lixarada.

Quanto ao último problema, recebo a informação de que uma parceria entre os municípios do Alto Acre resultará na construção de um canil no município de Epitaciolândia que concentrará a cachorrada recolhida em toda a regional. Uma “carrocinha” será adquirida para atender a todos em sistema de rodízio semanal, segundo informação do secretário municipal de infraestrutura de Xapuri, Renato Souza, em entrevista concedida à Rádio Educadora na manhã de hoje. 

Com relação ao primeiro dos motivos citados acima, a solução é a população se educar, a começar por mim mesmo e meus vizinhos – o tambor das fotos acima é o que está localizado no portão da casa onde moro e que atende, além de mim, a mais algumas pessoas -, e passar a colocar o lixo para fora somente no dia da coleta, cujo calendário está sendo divulgado pela rádio local. Uma medida simples que proporcionará uma melhor qualidade de vida para todo mundo.

4 comentários:

xapuriense disse...

Na última vez que estive em Xapuri (carnaval 2010), realmente fiquei impressionado com a quantidade de cães vadios nas ruas.

Fico contente que estão tomando providências

Carlos Estevão

Amigo de Xapuri disse...

Esperamos que não fique só no discurso bonito, que realmente na prática a tão esperada carrocinha permaneça efetimente realizando um trabalho intensivo e eficiente, pois esses cães, além de revirarem os caixotes de lixo também causam vários acidentes de trânsito.

Tiao disse...

É muita dificuldade andar e moto em xapuri, de acordo com a "nova" lei de trânsito, temos que dá preferência aos câes também.

Monsueto Araujo de Castro disse...

Cachorrada e lixo

Gosto muito de animais, principalmente de cachorro. No bairro do Mogi Moderno - Mogi das Cruzes -, porém, a população canina está extrapolando, há muito tempo, os limites do aceitável. Há cachorro solto na rua fazendo as necessidades fisiológicas nas calçadas. Cachorro late durante o dia; e uiva, gane e late durante a noite. É um verdadeiro inferno; haja poluição sonora. Coitado de quem precisa estudar, descansar ou dormir em paz. Existe ainda a cachorrada faminta, que rasga sacolas e sacos de lixo, até mesmo aqueles que estão no alto, colocados em suportes. A sujeira espalha-se pelas ruas, pois o caminhão do lixo não tem horário definido para a coleta.

Vou aproveitar para fazer dois pedidos ao Senhor Prefeito, o primeiro é para instituir campanha para castração dos cães, em postos ou clínicas veterinárias municipais e o segundo pedido é que seja estabelecido horário e cumprimento por parte da empresa responsável pela coleta do lixo doméstico na cidade, diminuindo, assim, o acesso dos cães ao lixo.


Monsueto Araujo de Castro - RG 4.672.512-X
monsuetodecastro@uol.com.br
Rua João de Miranda Melo, 544 - Mogi das Cruzes - SP - CEP 08717-420
Tel (11)47962551