terça-feira, 2 de março de 2010

20 anos de Resex Chico Mendes

0415pasture

A reserva extrativista mais famosa do Brasil completará 20 anos de criação no próximo dia 12. A data será celebrada em Xapuri com a realização do 1º Encontro da Juventude da Floresta do Estado do Acre, evento que está sendo organizado por entidadas como o Comitê Chico Mendes e Conselho Nacional do Seringueiro (CNS).

Celebrações e encontros à parte, duas décadas depois de sua criação, a Resex-CM permanece diante de uma velha e polêmica questão: o extrativismo é mesmo capaz de proporcionar ao homem da floresta a vida digna, social e economicamente, que o seu grande idealizador imaginou antes de ser abatido a tiros, faz duas décadas?

Nos próximos dias, postarei aqui no blog opiniões de alguns personagens que fizeram - e continuam fazendo - parte dessa história de vinte anos da reserva e da luta dos seringueiros e agricultores familiares por uma vida melhor. E o espaço também estará aberto para artigos e comentários sobre o tema.

3 comentários:

xapuriense disse...

A pergunta que voce faz no post foi respondida (acho), em minha Dissertação de Mestrado, defendida e aprovada (com louvor) na UFSC.

O Extrativismo tradicional não é "economicamente viável".

Precisaria ser melhorado técnicamente por dentro para se tornar uma alternativa interessante para a população da floresta (extrativismo renovado, ou neoextrativismo, como define Rego e outros).

Prof. Carlos Estevão/UFAC/CCJSA

Valdecir Aquino disse...

sem dúvida depois de 20 anos é que se ver os primeirs frutos da tâo sonhada independência do extativista tradicional.com a inauguraçao da fábrica´sem duvida melhorou e muito as condiçoes socio-econômica desses verdadeiros heróis. Tem muitos pontos que fizeram e, ainda fazem, com que a Resex nao funcione a contento.Ha desde problemas de indenizaçoes paradas por ineficiencia do Judiciario, até pessoas que nao tem perfil de extrativistas dentro da reserva e que foram colocadas pelos orgaos ambientais. mas já melhorou muito , e sem dúvida irá melhorar ainda mais.

Márcia disse...

Amigo Raimari,
Esse é um tema bastante polêmico que gera opiniões convergentes e divergentes. Sou mestranda do curso de Desenvolvimento Regional na UFAC e o tema do meu projeto de pesquisa é Desenvolvimento Sustentável na Reserva Extrativista Chico Mendes em Xapuri. Em breve estarei por aí tendo o prazer de conviver com "Os Chicos da vida" e sonhar os mesmos sonhos.

Abraços,
Márcia Fittipaldy