segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Xapuri está no caminho certo

Haroldo Sarkis

As opiniões grosseiras e irônicas que muitos, alguns a pretexto de defender a terra onde nasceram, querem nos empurrar de goela abaixo, de que “Xapuri está uma merda” ou de que somos a “cidade do já teve”, entre outras expressões que, além de vulgares, são negativas e preconceituosas, desconsideram, por má fé ou ignorância, quiçá ambas as opções, todo um esforço que tem sido feito pelo prefeito Bira Vasconcelos e sua equipe, desde que assumiu este mandato, para reorganizar a vida de um município arruinado, em vários aspectos, por administrações anteriores.

Xapuri tem hoje, a despeito da crise que é evidente não apenas para os xapurienses, algumas situações que há muitas décadas não eram vivenciadas por sua humilde, mas sempre batalhadora e esperançosa população. Começando pela Saúde, os quatro postos que estavam completamente abandonados no começo da administração, sem profissionais nem medicamentos, contam atualmente, todos eles, com médicos dotados de registro no Conselho Regional de Medicina, como exige a lei, além de três odontólogos, igualmente credenciados, atendendo diariamente.

A população de Xapuri tem hoje à sua disposição o tão sonhado exame de ultrassonografia sendo realizado todas as semanas no Centro de Saúde Félix Bestene Neto. Antes disso, as grávidas do município tinham que se deslocar para Brasiléia ou Cobija, na Bolívia, para realizar esses exames possuindo ou não condições financeiras para isso. Essa conquista foi resultado dos esforços de uma prefeitura que jamais perdeu o foco no bom atendimento ao cidadão e que tem o pensamento de que esse objetivo deve estar sempre à frente de outras demandas menos prioritárias.

Ainda no campo da Saúde, o município criou e está mantendo com recursos próprios uma estrutura para o transporte de pessoas que necessitam de atendimento fora de Xapuri com a contratação de um carro tipo Van que transporta diariamente, de segunda a sábado, entre Xapuri e Rio Branco, 15 pessoas em um veículo confortável, com ar condicionado, sem nenhum custo para o paciente, num serviço que o prefeito apelidou de TFD Municipal, em alusão ao programa de Tratamento Fora do Domicílio mantido pelo governo estadual. Não se pode esquecer também que toda última semana de cada mês do ano especialistas das áreas de cardiologia, geriatria, pediatria, ginecologia e até oftalmologista fazem atendimento em Xapuri, o que torna evidente que o município apresenta melhorias nunca vistas no setor.

Na educação, professores foram contratados, escolas foram construídas e restauradas, o transporte escolar reforçado e as ações da atual administração nessa área já resultaram na melhora dos índices do IDEB, avaliação na qual Xapuri aparecia como último colocado do Acre para hoje ser o décimo segundo, posição que resgata o orgulho do município e reforça a necessidade de se continuar investindo no setor. Parcerias com outras instituições, como é o caso do IFAC, estão proporcionando novas oportunidades, com cursos técnicos e superiores, para os jovens do municípios que ficavam ociosos quando terminavam o ensino médio e tinham que ir buscar fora de Xapuri a complementação dos seus estudos.

Outro ponto importante que merece ser destacado é a valorização dos servidores municipais que pelo terceiro ano consecutivo estão tendo seus salários reajustados dentro uma política aberta de negociação com os sindicatos que representam as categorias da Administração e da Educação na qual tem sido garantido, ao mesmo tempo, o equilíbrio financeiro do município e o direito de reajuste do servidor que na administração anterior passou quase 4 anos sem ter qualquer tipo de aumento em seus salários.

Na agricultura, pode-se destacar algumas ações que tem melhorado substancialmente a vida do produtor, como a garantia de escoamento da produção, que hoje contempla 14 linhas, trazendo diariamente 3.000 kg de produtos do campo para cidade; a mecanização de áreas degradadas com quatro tratores em parceria com as comunidades; o programa Compra Antecipada em parceria com o governo do Estado e o trabalho de plantio de mudas em nascentes dos igarapés do município.

Na Infraestrutura, tem sido desenvolvidas ações que pouco a pouco vão melhorando a qualidade de vida da população, como a construção de 28 casas populares no conjunto Constantino Melo Sarkis com rede de esgoto, água encanada e ruas asfaltadas. Foram concluídas obras importantes em parceria com o governo do Acre que, como o novo Lar dos Vicentinos que hoje está oferecendo uma melhor condição de vida para as pessoas idosas que ali residem; a reconstrução da Ponte da Bolívia que, apesar de ter sido concluída com bastante atraso, devolveu a auto-estima da população do bairro da Bolívia que fazia vários anos não tinha possuía um acesso digno ao centro da cidade.

Na área do esporte, a prefeitura iluminou o estádio Álvaro Felício Abrahão, um sonho dos desportistas locais, está realizando os campeonatos municipais da primeira e da segunda divisões, além de estar apoiando a primeira equipe xapuriense a disputar uma competição profissional no Acre, como é o caso da Amax, que vem fazendo boa campanha no Campeonato Acreano da 2ª Divisão. Outras ações, como o início da construção de quatro quadras de esportes, nos bairros Hermínio de Melo, Bolívia e Laranjal, além da reforma da quadra de esportes do bairro do Pantanal, evidenciam a preocupação do prefeito Bira de valorizar a prática de esportes nas comunidades e de criar alternativas de lazer para a juventude.

O Programa de Recuperação de Ramais já melhorou neste ano mais de 250 quilômetros de estradas vicinais de um total previsto de 300 quilômetros. O programa Ruas do Povo, do governo do Estado, que pavimentará 8 quilômetros de ruas neste ano e mais 5 quilômetros em 2012, mudará a cara da cidade, transformará a paisagem dos bairros mais distantes do centro, valorizará as propriedades e elevará a auto-estima também dessas populações, que nunca tiveram o prazer de morar em uma rua calçada de tijolos. 

Os exemplos acima podem parecer pouco ou nada, dependendo do ponto de vista ou da natureza das intenções do observador, mas representam, para as pessoas de boa fé e que possuem o espírito de esperança numa cidade melhor, resultado do trabalho que vem sendo realizado dentro das condições que um município como Xapuri possui no atual momento da história, e esclarecem que a cidade, e o próprio município como um todo, não estão abandonados, jogados às traças, como alguns críticos querem, a qualquer preço, fazer crer. Tentativas de tirar a alegria e a esperança do povo xapuriense, desmerecendo-nos perante outros municípios acreanos, não podem servir como amostra de amor e preocupação com a terra natal.

Usando as palavras do próprio prefeito, sabemos que nossa cidade não se encontra na situação em que gostaríamos de vê-la, mas, mais do que nunca, temos a consciência de que Xapuri está no caminho certo, com ações firmes e condizentes com a atual realidade econômica do município, bem melhor e tão diferente do que quando a administração Todos por Xapuri começou, em janeiro de 2009.

Haroldo Sarkis é assessor de Divulgação Social da Prefeitura de Xapuri.

5 comentários:

Eden disse...

Com a palavra o povo de Xapuri. Tomara Deus que eu esteja errado.

C.J.R.M disse...

Concordo em gênero, número e grau com as informações do Haroldo. Xapuri, definitivamente não está uma merda.

A FRONTEIRA disse...

Se meninozinho não tivesse grudado nas tetas da Prefeitura será que a defesa por Xapuri seria a mesma, chamar de vulgar que faz criticas é tanto quanto o mais vulgar que os mesmos, acorda meu pequeno. Xapuri pode sim melhorar só falta vontade política.

nader disse...

É verdade que Xapuri poderia ter outra aparência, deveria ser melhor ao atual estado em que se encontra, discutir isto, é senso comum. Compreendo também que o atual momento não é fruto de ações recentes, ao contrário, são anteriores, aqui sim, no meu entendimento, cabe uma boa discussão.
Agora, não posso aceitar que pessoas que não acompanham o que acontece aqui em Xapuri façam comentários, onde alguns, percebe-se que são movidos por questões de cores partidárias, desviam a realidade.
Apesar de entender sua importância, não posso aceitar também, como xapuriense, que o fato da casa do Chico Mendes esteja fechada para visitação ou que animais sujaram outra casa vizinha que faz parte da mesma Fundação, seja exclusivamente norteadores para dizer que Xapuri está ou não bem.
Pelo que vimos, aliás é o papel da comunicação social do município em divulgar, existem ações boas acontecendo sim, mas sinto que, quase sempre procuramos não conhecê-las.
Somente a vontade dos nossos representantes não será preponderante para haver debates buscando dias melhores, é preciso que a sociedade sinta-se responsável por essa ação, não precisamos de municípios vizinhos pra debater nossa realidade, somos nós que nos conhecemos, porém longe de Xapuri, sem compreender a cidade como um palco de diversidades, escreveremos mil palavras, faremos muitas críticas e não chegaremos a lugar nenhum.

Rildoxapuri disse...

Mesmo estando longe,mas nunca deixei de visitar minha querida cidade que me orgulho tanto, e sempre estou acompanhando pelos blogger e por jornais ou pelos amigos que tenho e tbem pelos meus familiares que ai moram.E concordo sim com todo conteudo relatado pelo Haroldo, e que as pessoa tem que saber realmente das coisas boas e positivas que o municipio conquistou e esta fazendo.E vamos destacar a simplicidade de um gestor publico de aceitar e intender as criticas,parabens Bira. SOMENTE OS GRANDES AGEM ASSIM