sábado, 22 de março de 2014

Xapuri, 109 anos!



Três momentos distintos da história da cidade que teve origem a partir da povoação ocorrida no local onde o seringalista João Damasceno Girão ocupou para formar seu seringal no ano de 1894. Chamava-se Mariscal Sucre antes da Revolução Acreana. Foi elevada à categoria de Vila em 25 de agosto de 1904. Em 22 de março de 1905 foi considerada cidade, situada às margens do rio Acre. Xapuri tornou-se município pelo Decreto n° 9.831 de 23 de outubro de 1912. Foi instalado como município somente em 1° de abril de 1913.

A região foi habitada por indígenas das tribos xapuris, catianas, moneteris e outras menos numerosas. A excursão de Manuel Urbano da Encarnação à foz do rio Xapuri, em 1861, foi o início da colonização. As terras, onde atualmente se localiza a cidade, eram de propriedade do cearense Manuel Raimundo, sendo transferidas para João Damasceno Girão e Benedito José Medeiros, em 1894 e 1898, respectivamente.

Xapuri participou ativamente da independência do Acre, quando, em 1902, integrava o Território das Colônias, ocupado por autoridades bolivianas. Juan de Dios Barrientos, intendente, consultou os moradores para a organização da Junta dos Notáveis - Conselho Municipal. A 30 de março daquele ano, cinco representantes locais foram escolhidos para componentes do Colegiado.

Ao tomar conhecimento do teor do contrato de Aramayo ou Bolivian Sindicate, em 2 de junho, a Junta renunciou. Plácido de Castro, ciente do ocorrido, iniciou o movimento revolucionário, culminado com o ataque à Vila, em 6 de agosto, e domínio da situação. Foi proclamada a Independência do Acre, com a confraternização da população de Xapuri.

Fonte: Biblioteca do IBGE.

2 comentários:

aurelio azevedo disse...

Caro Raimari fico feliz ao ler noticias de minha cidade através do seu blog e gosto muito quando publica fotos antigas. Gostaria de vê a foto e um pequeno relato do Sr Chico Pequeno figura histórica de Xapuri

aurelio azevedo disse...

Interessante!!