sexta-feira, 28 de março de 2014

Babilônia

Babilônia

Mais uma belíssima imagem do aventureiro xapuriense Almir Ribeiro. Cachoeira Babilônia, no Rio Xapuri. É chamada assim porque nas suas imediações desemboca um igarapé que leva o mesmo nome. As cachoeiras e corredeiras do Rio Xapuri não impossibilitam a navegação, mas ultrapassá-las requer experiência e destreza dos barqueiros que navegam por elas durante o verão amazônico. A pesca costuma ser farta nessa região.

Comentário de meu eterno professor Eduardo de Souza, um daqueles que se esbaldou nas águas do Rio Xapuri e, portanto, se tornou xapuriense “nato”, apesar da origem potiguar:

Big Raimari,

Tenho ótimas lembranças da Cachoeira Babilônia nos atendimentos Odontológicos que fiz no Edson da Fronteira. Chegava por lá a bordo de barcos pilotados pelos experientes Chico Silva e/ou Cajú. Num calor sufocante essas águas geladinhas a princípio, nos refrescavam prazerosamente. Tive o privilégio de saborear caldo de bodó nas suas margens feitos pelo "chef" Zé de Barros, e também peixe enrolado em papel alumínio jogado direto dentro da fogueira, depois de temperado pelo Zé da Porca. Beleza de cenário.

4 comentários:

aurelio azevedo disse...

Bonito.

Eduardo Souza disse...

Big Raimari,
Tenho ótimas lembranças da Cachoeira Babilônia nos atendimentos Odontológicos que fiz no Edson da Fronteira. Chegava por lá a bordo de barcos pilotados pelos experientes Chico Silva e/ou Cajú. Num calor sufocante essas águas geladinhas a princípio, nos refrescavam prazeirosamente. Tive o privilégio de saborear caldo de bodó nas suas margens feitos pelo "chef" Zé de Barros, e também peixe enrolado em papel alumínio jogado direto dentro da fogueira, depois de temperado pelo Zé da Porca. Beleza de cenário.



Jose Roques disse...

uma ótima imagem e um luga maravilhoso, já tive o prazer de estar ai nesse lugar, realmente uma maravilha da natureza que pretendo visita-lo mais uma vez,assim como o amigo postou eu também tomei um caldo de bodó na quele lugar e pesquei um lindo surubim....mais ou menos 10 horas de barco com motor a rabeta mas vale apena....

Jose Roques disse...

uma ótima imagem e um luga maravilhoso, já tive o prazer de estar ai nesse lugar, realmente uma maravilha da natureza que pretendo visita-lo mais uma vez,assim como o amigo Eduardo Sousa postou eu também tomei um caldo de bodó na quele lugar e pesquei um lindo surubim....mais ou menos 10 horas de barco com motor a rabeta mas vale apena....