quinta-feira, 26 de novembro de 2009

A picada do “maribondo”

Expressar o meu entendimento de que a população de Xapuri não está se lixando para o futuro do malfadado e enfadonhamente comentado portal de entrada da cidade me rendeu a pecha de mentiroso da parte do professor e blogueiro Joscires de Oliveira Ângelo em texto postado em seu blog Xapuri News – A Versão Inteligente – como os leitores podem ver clicando aqui.

Não bastasse a falta de bom senso nas análises que faz, relacionadas ao assunto em destaque, o professor contesta desrespeitosamente uma opinião baseada na observação do cotidiano da maltratada cidade de Xapuri utilizando o termo “mentira escabrosa” para se referir às minhas afimações sem, no entanto, se dar ao trabalho de citar meu nome e provar que estou mentindo.

Joscires diz ainda em seu post que me intitulo “dono da verdade” e me autonomeio “procurador da população xapuriense”. Ora bolas, nunca me arvorei a nada disso. Sou apenas um profissional do rádio sem muitos conhecimentos que procura se fazer útil à população também através deste modesto blog. Meu objetivo aqui é promover o debate, a discussão sadia sobre os problemas de Xapuri e não vender ideias, como me acusa o colega blogueiro.

Se o que eu escrevi aqui não teve qualidade textual para que a mensagem fosse compreendida, tentarei explicar novamente. Repito que a população de Xapuri não se interessa pelo que vai acontecer com o tal portal. Não dá a mínima. Está preocupada é com os muitos problemas que a cidade tem e que não estão sendo resolvidos pela atual administração conforme foi a expectativa criada com a eleição de Bira Vasconcelos, no ano passado.

Com todo respeito à família de Augusto Castelo Branco de Figueiredo, a quem o portal homenageia, volto também a dizer que a edificação foi a coisa mais absurda que se fez em Xapuri nos últimos anos, deixando de lado o fato de que foi construída de forma flagrantemente irregular. O que o ex-prefeito Vanderley Viana fez foi tentar construir uma coisa bonita na entrada de uma cidade que estava – e continua – caindo aos pedaços.

Quem afirma que a possível demolição – não a implosão – do portal é uma “questão política” para apagar os “vestígios” deixados pelo ex-prefeito de Xapuri está sendo tremendamente irresponsável. Esse, sim, pode ser chamado de mercador de ideias estapafúrdias. Omite da informação – por má fé ou ignorância – que a obra está ameaçada por ter sofrido um impacto fortíssimo que a tornou ameaça à segurança da população, isso dito em laudo pelo engenheiro civil Tadeu Ferreira Castelo, que poderá ou não ser confirmado pelo Crea, como informei em post anterior.

Aliás, o tal portal representa ameaça e transtorno para a população de Xapuri desde a sua concepção. Deixou a estrada da Borracha interditada por quase um ano e para continuar usufruindo do direito de ir e vir a população teve que se sujeitar a usar um desvio esburacado e enlameado, sem contar que ainda hoje algumas pessoas sofrem sequelas físicas em virtude de acidentes ocorridos com a ajuda da má localização do monumento. Na atualidade, em razão do acidente e do impasse gerado, continuamos todos nós, moradores da cidade e visitantes, tolhidos de trafegar pelo asfalto que foi feito com o nosso dinheiro.

Quero encerrar o assunto, dizendo que não reconheço nenhuma das atribuições que o professor-blogueiro me confere, principalmente a de mentiroso, uma vez sabedor que a mentira tem pernas curtas e cedo ou tarde o “Pinóquio” cai vítima de suas próprias infâmias. E digo mais: quem me acusa de mentiroso não tem moral para insinuar que sou defensor, bajulador ou seja lá o que for do prefeito Bira Vasconcelos, de quem nunca neguei ser amigo e companheiro de militância política.

A blogueira Camila de Paula, do blog “Me criticar é fácil… O difícil é ser eu”, acusa o colega Joscires de plagiá-la. Isso mesmo. Em duas postagens de títulos “Alerta” e “A prova do crime” ela afirma e apresenta as provas de que o blogueiro xapuriense da “versão inteligente” se apossa de seus textos e os publica em seu blog como se fossem dele. “Ele troca a minha avó pelo colega dele e o nome da minha amiga Olly pelo nome do amigo dele, o Clenis, e já acha que é o autor da obra. Encontrei pelo menos dez textos meus lá. Dois, inclusive, integralmente copiados”, diz a blogueira, que esceve excelentes textos, por sinal.

Joscires foi assessor do ex-prefeito Vanderley Viana e o defendeu com unhas e dentes a ponto de intitulá-lo de “mártir político” de Xapuri (clique aqui para ler). Só passou a “ver” que Viana não era o caudilho que pensava quando este o demitiu da prefeitura atirando-lhe acusações e ofensas que foram parar num juizado de pequenas causas. A partir daí passou a ser “oposição” ao ex-prefeito e um dos seus maiores críticos via blog que havia criado para divulgar as ações da administração do próprio Vanderley, o Xapuri News.

Um comentário:

samurai disse...

Raimari,
que coisa mais feia desse moço. Copiou os textos alheios como se fossem dele, e ainda tem a coragem de dizer que faz "a versão inteligente" dos blogs de Xapuri... Conheci esse rapaz durante minha breve passagem pela prefeitura e posso dizer que dele não guardo uma única boa lembrança. É um sujeitinho dissimulado, arrogante e cheio de empáfia. Agora vejo que é também um plagiador.
Bem, e como você pôs a palavra entre aspas, e ele não vai entender, explico a piada: o correto, Joscíres, é MARIMBONDO e não MARIBONDO.
Archibaldo Antunes