terça-feira, 22 de março de 2011

“Terra formosa, terra gentil”

Catedral de Xapuri

Página viva da história acreana, como diz  o seu hino, Xapuri completa hoje 106 anos de fundação. A cidade mais famosa do Acre comemora a data com uma programação modesta, envolvendo escolas e população. O blog homenageia essa boa terra com a bela imagem acima, do repórter fotográfico Sérgio Vale, e com a letra do hino, de autoria de Fernando de Castela. A música foi composta por José Lázaro Monteiro Nunes.

Página viva da história acreana
Recebe o nosso afeto e gratidão
Reverente o teu povo se irmana
Neste hino que é hino e oração

Terra formosa, terra gentil
És Princesa do Acre
Glória dos acreanos (refrão)
Orgulho do Brasil

Teus bravos filhos, afoitos e pioneiros
Deste amado e glorioso rincão
Xapuris que se armaram guerreiros
Neste berço da Revolução

Que o exemplo de tanta afoiteza
De indomável coragem e ardor
Seja aos novos lição de grandeza
E esperança de paz e de amor

Xapuri nosso berço e agasalho
Nós herdeiros de herança viril
No teu chão plantaremos trabalho
Para a glória do nosso Brasil.

Infelizmente não possuo registros sobre os autores do hino xapuriense. Se alguém, por ventura, os tiver, que disponha do blog para torná-los públicos.

2 comentários:

Acreana disse...

O Hino de Xapuri tem como autor da letra, o cearense de Fortaleza, nascido em 02 de fevereiro de 1921 “Fernando de Castela Barroso de Almeida”, radicado no Acre em 1943. E foi instrumentalizada pelo mestre de música Sargento José Lázaro Monteiro Nunes, falecido na cidade de Rio Branco, em 07 de setembro de 1988, aos 59 anos de idade.
(fonte: Portal da Aleac)

Magao disse...

Sou suspeito em falar, mais o hino de Xapuri é o mais bem escrito com sua melodia e a harmina rica em sonoridade. É verdadeiramente um hino, maravilhoso de se executar e toda vez é uma emoção a mais no sentimento de xapuriense, parabens ao compositor e letrista dessa obra prima de nossa querida terra.