terça-feira, 20 de abril de 2010

Esperança

DSC00199

O seringueiro e agricultor José Barbosa da Silva, 64, é um dos que estão apostando no cultivo de seringueiras para melhorar a condição de vida no futuro. O incentivo vem do projeto Florestas Plantadas, lançado recentemente pelo governo do Estado.

O financiamento vem do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), via Banco da Amazônia, com carência de 8 anos. A parceria envolve ainda o Estado e municípios. Em Xapuri, 10 seringueiros já assinaram seus contratos com o banco.

Morador do seringal Cachoeira há 20 anos, José Barbosa vai começar aos pouquinhos e depois aumentar o cultivo. “Primeiro vou plantar um hectare e depois vou aumentando. Quero que esse plantio fique para meus filhos, que ainda são muito jovens”, afirma esperançoso.

Nesta primeira fase do projeto, a prefeitura de Xapuri garantiu a mecanização das terras, melhoria de ramais e assistência técnica. Até o momento já foram plantados 80 hectares de seringueiras, a meta é atingir 1000 hectares até o final de 2011.

As informações estão no site da prefeitura de Xapuri. A foto e as informações são da Repórter Fernanda Gomes.

Um comentário:

josealdizio disse...

sera que esse senhor estara vivo até que essas serigueiras esteja produzindo?tomara que ele tenha outros meios de sobrevivencia,se nao ele vai passa fome,ai vamos ver quem vai sustentar essa familia.apesar que eu sou a favor do reflorestamento.e tomara que la na frente ele nao tenha que pagar ao governo as seringueiras plantadas.