quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Uma voz incansável pela cultura

Éden Mota

Depois de vários meses sem ir a minha cidade, no último dia 29, para lá fui com o objetivo de rever meus velhos amigos. No entanto - vou tornar a reclamar – o descaso que pude observar com a Banda de Música Dona Júlia Gonçalves Passarinho e seus integrantes é lastimável.

Dirigi-me ao Centro Social Urbano - local onde por dez anos funcionou a sede da Banda - e ali pude observar o descaso da administração pública municipal, não só com a cultura da Bandinha em si, mas, acima de tudo com os servidores que a compõem.

A antiga sede encontra-se da mesma forma que antes da Bandinha mudar de local - já que agora está instalada na Casa Branca - fincada em meio a um verdadeiro matagal, ficando, claramente explícita a forma pela qual a administração pública municipal trata seus órgãos e seus servidores, com total desrespeito.

Internamente, o quadro era ainda mais deplorável: instrumentos que custaram dinheiro para a administração pública, jogados por sobre bancos, porque não havia, como de fato ainda não há, local adequado para a sua guarda. O banheiro então é bem melhor nem comentar.

Faço essas críticas porque a Banda de Música que poderia servir de instrumento para afastar a juventude xapuriense das drogas, como acontece em vários outros locais de nosso País, onde essa cultura é vastamente divulgada, em Xapuri trata-se a cultura pelo lado oposto.

Atualmente, a nossa bandinha encontra-se “jogada” na Casa Branca, misturada ao antigo museu que pouco a pouco também vai se acabando em razão da forma deplorável pela qual se encontra a antiga Intendência Boliviana.

Os integrantes da Banda de Música - sente-se no olhar dos mesmos - não têm qualquer motivação para exercerem sua atividades, porque, desde que o então Prefeito Jorge Akel Hadad deixou a Prefeitura, aqueles se tornaram órfãos, se transformando em verdadeiros servidores públicos ambulantes.

Em diversas viagens que faço por este País, sempre vejo a juventude sendo parte integrante das Bandas de Músicas Municipais ao estilo Dona Júlia Gonçaves Passarinho, através de Projetos Sociais voltados para crianças e adolescentes, onde o principal objetivo é formar cidadãos músicos e afastá-los das drogas.

Pergunto-me se ao longo de tanto tempo ainda não foi possível se fazer um projeto para além de locar a Banda de Música em uma sede digna - já que a mesma nunca teve uma - não se pudesse fazer um projeto social integrador com a nossa juventude.

Diversos municípios de nosso País têm amenizado a situação de nossos jovens com tais projetos, não seria possível a administração pública municipal desenvolver um projeto no mesmo sentido? O que falta? Técnicos? Idéias? Vontade?

O poder público tem de deixar de ver os integrantes da Banda como simples sopradores de instrumentos e investir no potencial de cada um para além de estimulá-los ao trabalho, incentivá-los para formar cidadãos de bem.

Com a nova administração espero que esse quadro mude.

5 comentários:

Chico Rei disse...

Concordo com tudo o que você falou, isso é só o que você pôde observar pela sua breve passagem. Há muito mais problemas a serem resolvidos, mas nossos governantes andam em passos de jabuti. Não pensam, não agem, só usam politicagem, enchem a prefeitura de pessoas mau qualificadas e nós temos de agüentar essa lentidão . Infelizmente isso é mundo que vivemos, enquanto não mudarmos essa idéia de apadrinhamento vai ficar difícil nossa princesinha crescer como deveria.

Amigo de Xapuri disse...

A grande realidade é que sai administrador entra administrador e continua a mesmice de sempre, e essa não ta sendo diferente das anteriores, principalmente pelo que foi prometido em campanha.

Magao disse...

É meu amigo Eden falou pouco mais disse muito, nossa Banda de Música a qual eu faço parte de sua corporação e de sua maravilhosa história, porque no estado do Acre Xapuri até hoje é o único município a ter uma banda de música, banda essa que já deu e continua mesmo sem as devidas condições de trabalho dando grandes frutos talentosos, Tenho que concordar com que Eden fala, não só a nossa Banda mais sim tambem nosso município, Xapuri que desde que o Prefeito Jorgito saiu da Prefeitura nós ficamos orfão, é brincadeira isso que os cara fazem com nossa Xapuri. Mais eu tenho muita fé em Deus que o nosso novo Prefeito Ubiracir vai reverter esse quadro se Deus quiser, porque já não aguentamos mais viver nessa situação, mais é preciso que o povo também
possa entender e colaborar, e sei que na hora que o prefeito pedir o povo dar porque nossa cidade é guerreira, e está esperando algo novo em nossa cidade.

Gewan disse...

Caro Eden e amigos, eu sou suspeito em fazer qq tipo de comentário, pois sou o filho(hj o mais velho) do ex Prefeito Jorgito, mas se não bastasse o que vc disse, seria muito bom que o atual prefeito tivesse o mesmo AMOR que meu Pai sempre teve por Xapuri e sua população comprovado por tudo que fez como a conservação do cemitério(na epoca sempre vivia limpo), construção e reforma de ruas(inclusive o primeiro asfalto), construção e reforma de varias escolas, quadras de esportes, campo de futebol, postos de saude...enfim...administrar Xapuri com o Amor e dedicação que o município e os xapurienses merecem!...abs....

Gewan disse...

Caro Eden e amigos, eu sou suspeito em fazer qq tipo de comentário, pois sou o filho(hj o mais velho) do ex Prefeito Jorgito, mas se não bastasse o que vc disse, seria muito bom que o atual prefeito tivesse o mesmo AMOR que meu Pai sempre teve por Xapuri e sua população comprovado por tudo que fez como a conservação do cemitério(na epoca sempre vivia limpo), construção e reforma de ruas(inclusive o primeiro asfalto), construção e reforma de varias escolas, quadras de esportes, campo de futebol, postos de saude...enfim...administrar Xapuri com o Amor e dedicação que o município e os xapurienses merecem!...abs....