sábado, 14 de agosto de 2010

Instituto Phoenix

O obscuro Instituto Phoenix, que em 2006 foi acusado de fraudar uma pesquisa em favor do candidato ao governo do Acre, Márcio Bittar, na reta final das últimas eleições estaduais, volta à cena nestas eleições. Nota da repórter acreana Nayanne Santana para o portal iG mostra que os números do Instituto Phoenix são bem diferentes dos levantados pelo Ibope no mês passado (veja aqui).

De acordo com o Phoenix, o senador Tião Viana (PT), candidato ao governo, tem 42,2% das intenções de voto, contra 33,7% de Tião Bocalom (PSDB) e Antônio Gouveia, o Tijolinho (PRTB), com 1%. A pesquisa, realizada entre os dias 3 e 8 de agosto, mostrou que 23,1% dos eleitores ainda não escolheram seus candidatos.

Encomendada pelo jornal O Rondoniense, a pesquisa tem margem de erro de 3% para mais ou para menos. Foram entrevistados 900 eleitores dos municípios de Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Acrelândia, Bujari, Senador Guiomard, Sena Madureira, Xapuri e Brasiléia. A pesquisa foi registrada no TRE com o número 7.160/2010.

Um comentário:

ALDO GONSALES LIMA - PHOENIX disse...

Obrigado pela publicação tanto do nome da empresa como também do nosso trabalho.


aldoglima
Auxiliar Administrativo

e-mail particular:
aldogl_31@hotmail.com